Logotipo Dedalus   Logotipo ABCD
                         
Identificação       Preferências   Catálogos   Fale Conosco   Encerrar Sessão  
Buscas   Resultados   Buscas Anteriores   Meus Docs.   Histórico   Vocabulário   Ajuda
 
  Adicionar Reg. Meus Docs.  |  Localizar  |  Salvar / E-mail  

Registro Completo

Escolher formato: Padrão Ficha Formato Reduzido Nomes MARC Campos MARC
No. Registro   002791822
Tipo de material   PARTE DE MONOGRAFIA/LIVRO - NACIONAL
Entrada Principal   LinkMaraldi, Everton de Oliveira (*) NAC Brasil
Título   LinkEvidências de validade da Escala de Experiências Dissociativas em amostra não clínica.
Imprenta   Itatiba : Instituto Brasileiro de Avaliação Psicológica (IBAP), 2016.
Descrição   p. 93-104.
Idioma   Português
Nota   Disponivel em: DOI <10.15689/ap.2016.1501.10> Acesso em 09.12.2016
Resumo   O objetivo deste artigo é apresentar as propriedades psicométricas, a estrutura fatorial e evidências de validade convergente da versão brasileira da Escala de Experiências Dissociativas (DES) em uma amostra não clínica. Participaram deste estudo 1450 respondentes (67,9% homens) com 18 anos de idade ou mais (M=29,32; DP=11,27), de vários estados brasileiros, que integraram um survey online sobre o papel das experiências dissociativas nas práticas religiosas e a relação com variáveis psicopatológicas e sociodemográficas. A análise fatorial exploratória indicou que a melhor solução seria trifatorial, tendo os fatores sido nomeados como: absorção, despersonalização-desrealização e amnésia. A versão brasileira da DES denotou consistência interna satisfatória. Também correlacionou positivamente com variáveis com as quais se esperava que correlacionasse, como sintomas conversivos e de somatização e relatos de experiências místico-religiosas. Pessoas com escore igual ou acima de 30 apresentaram média significativamente maior em abuso emocional, abuso físico e abuso sexual
Assunto   LinkPRECISÃO DO TESTE
  LinkANÁLISE FATORIAL
Autor Secundário   LinkZangari, Wellington Brasil
Fonte   LinkIn: Avaliação Psicológica. , Itatiba, v. 15, n. 1, p. 93-104, 2016, ISSN: 2175-3431
Localiz.Eletrônica   E-mail do autor -- mailto: w.z@usp.br
Localiz.Eletrônica    "Clicar" sobre o botão para acesso ao texto completo 
   "Clicar"sobre o botão para acesso ao Currículo Lattes de Wellington Zangari 
Resumo/Outros   The aim of this paper is to present the psychometric properties, factor structure and evidence of convergent validity of the Brazilian version of the Dissociative Experiences Scale (DES) in a non-clinical sample. The study included 1,450 respondents (67.9% male), 18 and older (M=29.32; SD=11.27), from several Brazilian states, who joined an online survey about the role of dissociative experiences in religious practices and their relation to sociodemographic and psychopathological variables. The exploratory factor analysis indicated that the best solution would be tri-factorial. The factors were named as absorption, depersonalization/derealization and amnesia. The Brazilian DES denoted satisfactory internal consistency. The DES also correlated positively with expected variables, as measures of somatization and conversion symptoms, and reports of religious experiences. Participants with a score greater than or equal to 30 in the DES presented significantly higher scores in emotional abuse, physical abuse and sexual abuse. Keywords: dissociation; measurement precision; factor analysis; statistical correlation
  El objetivo de este artículo es presentar en una muestra no clínica, las propiedades psicométricas, la estructura factorial y evidencias de validez convergente de la versión brasileña de la Escala de Experiencias Disociadas (DES). Participaron 1.450 encuestados (67,9% hombres), con 18 o más años de edad (M=29.32, SD=11.27), de varios estados brasileños, que integraron un levantamiento online sobre el papel de las experiencias disociativas en las prácticas religiosas, y su relación con variables sociodemográficas y psicopatológicas. El análisis factorial exploratorio indicó que la mejor solución sería trifactorial, siendo esos factores : absorción, despersonalización / desrealización y amnesia. La versión brasileña de la DES indica consistencia interna satisfactoria. La DES también se correlacionó positivamente con las variables con las cuales se esperaba que se correlacionase, como síntomas de conversión y de somatización, y relatos de experiencias místico-religiosas. Las personas con resultados igual o mayores de 30 en la DES presentaron media significativamente mayor en abuso emocional, abuso físico y abuso sexual
 
Acervo Geral   Todos os itens
Itens na Biblioteca   IP-Instituto de PsicologiaLibrary Info
Unidade USP   IP -- INST DE PSICOLOGIA

Escolher formato: Padrão Ficha Formato Reduzido Nomes MARC Campos MARC


Encerrar Sessão - Preferências - Fale Conosco - Ajuda - Ex Libris
Buscas - Resultados - Buscas Anteriores - Catálogos