Logotipo Dedalus   Logotipo ABCD
                         
Identificação       Preferências   Catálogos   Fale Conosco   Encerrar Sessão  
Buscas   Resultados   Buscas Anteriores   Meus Docs.   Histórico   Vocabulário   Ajuda
 
  Adicionar Reg. Meus Docs.  |  Localizar  |  Salvar / E-mail  

Registro Completo

Escolher formato: Padrão Ficha Formato Reduzido Nomes MARC Campos MARC
No. Registro   002125987
Tipo de material   TESE
Entrada Principal   LinkBonini Filho, Marco Antonio
Título   LinkBevacizumabe intravítreo para o tratamento do edema macular diabético associado à perda capilar grave.
Imprenta   Ribeirão Preto, 2010.
Descrição   76 p. +anexos.
Idioma   Português
Nota Tese/Diss   Tese (Doutorado)
Resumo   OBJETIVO: Avaliar os efeitos do bevacizurnabe intravitreo no tratamento do edema macular diabético (EMD) associado à perda capilar grave. DESENHO DO ESTUDO: Estudo multicêntrico, aberto, não-aleatório. MÉTODOS: Em dois centros de referência terciária em oftalmologia, dez pacientes consecutivos com diagnóstico de EMD associado à perda capilar grave foram submetidos a injeção intravitreo de bevacizumabe (1,5 mg). Avaliação oftalmológica completa, tomografia de coerência óptica (TCO) e angiografia com fluoresceína foram realizadas na visita inicial e semanas 8, 16, 24 e 54. E, as medidas principais avaliadas foram as mudanças individuais na melhor acuidade visual corrigido (MAVC) e nas variáveis objetivas da TCO (espessura macular central [EMC] e volume macular total [VMT]). RESULTADOS: A MAVC média (logMAR) foi de 0,786 (‘20/125 POT. +1’) na visita inicial, 0,646 (‘20/80 POT. -2’) na semana 8, 0,580 (‘20/80 POT. +1’) na semana 16, 0,574 (‘20/80 POT. +1’) na semana 24, e 0,558 (‘20/80 POT. +2’) na semana 54. Melhora significativa na MAVC foi observada em todos os períodos estudados (P<0,008). Os valores médios de EMC (‘mü’um) e VMT (‘mm POT. 3’) foram respectivamente: 472,6 e 10,9 na visita inicial, 371,4 e 9,9 na semana 8, 359,5 e 9,8 na semana 16, 323,9 e 9,4 na semana 24, e 274,6 e 8,7 na semana 54. Redução significativa do EMC e VMT foi observada nas semanas 24 e 54 (P˂0.007). Na semana 54, observou-se redução do extravasamento de contraste em região macular bem como ausência de achados angiográficos sugestivos de qualquer progressão da perda capilar. CONCLUSAO: Os resultados aqui apresentados, tanto na acuidade visual bem como variáveis mensuráveis da TCO, sugarem que o bevacizumabe intravitreo pode ser uma alternativa de tratamento viável para o manejo do edema macular diabético associado a perda capilar grave
Nota Local   Mecanismos Fisiopatológicos no Sistema Visual e Audio-Vestibular
Departamento   ROO OFTALMOLOGIA, OTORRINOLARINGOLOGIA E CIRURGIA DA CABECA E PESCOCO
Assunto   LinkEDEMA MACULAR CISTOIDE (TRATAMENTO)
  LinkISQUEMIA
  LinkDOENÇAS RETINIANAS
Autor Secundário   LinkCosta, Rogério Alves
Localiz.Eletrônica    "Clicar" sobre o botão para acesso ao Currículo Lattes de Marco Antonio Bonini Filho 
   "Clicar" sobre o botão para acesso ao Currículo Lattes de Rogério Alves Costa 
Resumo/Outros   PURPOSE: To evaluate the effects of intravitreal bevacizumab in patients with diabetic macular edema (DME) associated with severe capillary loss. DESIGN: Multicenter, open-label, nonrandomized study. METHODS: SETTING: Two tertiary ophthalmic referral centers in Brazil. STUDY POPULATION: Ten consecutive patients with DME and severe capillary loss. STUDY PROCEDURES: Intravitreal injection(s) of bevacizumab (1.5 mg). Standardized ophthalmic evaluation was performed at baseline and at weeks 8, 16, 24, and 54. MAIN OUTCOME MEASURES: Changes in best-corrected visual acuity (BCVA) and in optical coherence tomography variables (central macular thickness [CMT] and total macular volume [TMV]). RESULTS: Significant changes in BCVA and in CMT/TMV were noted throughout the study (P˂0.001, P=0.009, and P<0.001, respectively The mean logarithm of the minimal angle of resolution Early Treatment Diabetic Retinopathy Study BCVA (Snellen equivalent) was 0.786 (‘20/125 POT. +1’) at baseline, 0.646 (‘20/80 POT. -2’) at week 8, 0.580 (‘20/80 POT. +1’) at week 16, 0.574 (‘20/80 POT. +1’) at week 24, and 0.558 (‘20/80 POT. +2’) at week 54. Compared with baseline, a significant change in BCVA was noted at all follow-up visits (P≤0.008). The mean CMT (‘mü’m) / TMV (‘mm POT. 3’) values were, respectively, 472.6 / 10.9 at baseline, 371.4 / 9.9 at week 8, 359.5 / 9.8 at week 16, 323.9 / 9.4 at week 24, and 274.6 / 8.7 at week 54. Compared with baseline, a significant change in both CMT and TMV was noted only at 24 and 54 weeks (P≤O.007). At 54 weeks, fluorescein angiography demonstrated no change in the extent of macular capillary loss and reduced dye leakage as compared with baseline in all patients. CONCLUSIONS: Favorable changes in BCVA and in CMT/TMV observed throughout one year suggest that intravitreal bevacizumabe may be a viable alternative treatment for the management of patients with DME and severe capillary loss
 
Acervo Geral   Todos os itens
Itens na Biblioteca   BCRP-Fac Medicina Rib PretoLibrary Info
Unidade USP   FMRP -- FAC DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO

Escolher formato: Padrão Ficha Formato Reduzido Nomes MARC Campos MARC


Encerrar Sessão - Preferências - Fale Conosco - Ajuda - Ex Libris
Buscas - Resultados - Buscas Anteriores - Catálogos