Logotipo Dedalus   Logotipo ABCD
                         
Identificação       Preferências   Catálogos   Fale Conosco   Encerrar Sessão  
Buscas   Resultados   Buscas Anteriores   Meus Docs.   Histórico   Vocabulário   Ajuda
 
  Adicionar Reg. Meus Docs.  |  Localizar  |  Salvar / E-mail  

Registro Completo

Escolher formato: Padrão Ficha Formato Reduzido Nomes MARC Campos MARC
No. Registro   001790714
Tipo de material   TESE
Entrada Principal   LinkDuarte, Antônio Ricardo Calazans
Título   LinkAvaliação de Torque e destorque em parafusos de titânio utilizados como elementos de fixação de intermediários submetidos à corrosão em saliva artificial e solução aquosa de dentifrício fluoretado.
Imprenta   Bauru, 2006.
Descrição   +170 p.
Idioma   Português
Nota Tese/Diss   Tese (Doutorado)
Resumo   Neste trabalho, "in vitro", foram realizados 02 tipos de ensaio de corrosão. No primeiro foram avaliados 05 parafusos de fixação de intermediários isolados, durante um período de 1152 h., por 48 dias, em um ensaio chamado "salt-spray", que trabalha com cloreto de sódio, em névoa úmida, com temperatura e pressão controlada (Normas ABNT NBR 8094 e ASTM B 117); já no segundo ensaio foram avaliados torque e destorque e perda de massa em 60 parafusos de fixação, 12 de cada fabricante comercial envolvidos nesta pesquisa: Conexão@, Emfils@, INP@, SIN@ e Titanium Fix@. Os sessenta parafusos de titânio trabalharam com os seus respectivos conectores protéticos, enviados pelos fabricantes. Em todos os espécimes, formados em uma base de resina acrílica, foi realizada uma série de torque e destorque inicial, utilizando-se um torquímetro digital TOHNICHI, com os espécimes presos em uma prensa de mesa. Após novo torque, cinqüenta espécimes foram parafusados em discos de nylon, que passaram por um ensaio cíclico de exposição na saliva artificial e na solução aquosa de dentifrício fluoretada, durante 90 dias. Os dois espécimes restantes, de cada marca comercial participante, num total de 10, funcionaram como controle negativo e permaneceram em repouso, durante o mesmo intervalo de tempo, enquanto os outros espécimes encontravam-se no ensaio. Após 90 dias de exposição cíclica às soluções, os corpos de prova foram retirados, destorqueados e analisados, através do MEV para
  avaliar-se o grau de corrosão, comparando-se os espécimes imersos nas duas soluções envolvidas na pesquisa e os do grupo controle. Para a análise dos resultados foram utilizados os testes estatísticos de Análise de Variância (Anova a dois critérios), e como houve diferença estatisticamente significante entre os grupos, a comparação das médias foi realizada através do Teste de Tukey. Enquanto para avaliação de correlação entre ganho ou perda de massa e atividade ) Enquanto para avaliação de correlação entre ganho ou perda de massa e atividade corrosiva foi realizado o Teste de correlação de Pearson. Baseados nos resultados obtidos os autores concluíram que os parafusos para intermediários do tipo cônico das cinco marcas comerciais, participantes do estudo, não apresentaram indícios de atividade corrosiva, ao Teste Industrial de Corrosão "Salt spray"; que não houve diferença estatisticamente significante entre destorque iniciais dos parafusos para intermediários, das marcas comerciais participantes do estudo. Contudo três grupos (C, E e T) apresentaram médias de destorques menores que o torque estabelecido previamente (20 Ncm); que após o ensaio de corrosão nas soluções de saliva artificial e aquosa de dentifrício fluoretado, todas as médias de destorques dos parafusos variaram, para patamares superiores, de 2% (Grupo T) a 70% (Grupo C), com relação ao torque inicial (20 Ncm), levando a inferir que em todos os grupos houve processo inicial de corrosão; que com
  relação à perda ou ganho de massa, todos os parafusos ganharam massa mas, não houve correlação estatisticamente significante entre esta variação de peso e destorque, que assinale a atividade corrosiva e; que pela avaliação "EDS"- Espectroscopia por difusão de energia, ficou caracterizada a presença de elementos químicos, em todos os parafusos de intermediários cônicos estudados que, normalmente são encontrados como componentes químicos potencializadores e em locais de desenvolvimento de processo corrosivo
Nota Local   Reabilitação Oral
Departamento   BAP PROTESE
Assunto   LinkPARAFUSOS
  LinkTITÂNIO
  LinkIMPLANTE DENTÁRIO ENDOÓSSEO
  LinkDENTIFRÍCIO FLUORADO
Autor Secundário   LinkBonachela, Wellington Cardoso
Localiz.Eletrônica    "Clicar" sobre o botão para acesso ao Curriculo Lattes de Wellington Cardoso Bonachela 
Resumo/Outros   The success of dental treatment utilizing osseointegrated implants, with the accomplishment of implant-supported and retained prostheses, has become evident and been markedly documented, reaching levels of more than 90% in clinical approval. Among the few causes of failure of implant-supported prostheses is the loosening of the fixation screw which fastens the prosthetic intermediate to the implant. Corrosion can lead to aesthetic deficiency, compromising the physical properties of metallic materials and increasing biological irritations to soft tissues around osseointegrated implants, mainly taking into account, the attested percolation between intermediate/implant. In this "in vitro" study, 2 corrosion tests were carried out. The first assessed 5 isolated fixation screws, not making part of specimens, for a period of 1152 h., during 48 days, in an assay called "salt-spray", which works with sodium chloride, in humid fog, under controlled temperature and pressure (Norms ABNT NBR 8094 and ASTM BI17); the second test evaluated fastening and loosening and loss of mass in 60 fixation screws, 12 for each manufacturer involved in this research: Conexão®, Emfis®, INP®, SIN® and Titanium Fix®. The sixty titanium screws worked with their respective prosthetic connectors sent by manufacturers. In all specimens, formed in an acrylic resin base, a series of initial fastening and loosening was accomplished, by utilizing a digital TONICHI torquemeter, with the specimens held in
  a tabie press. Following a new fastening, fifty specimens were screwed in nylon discs, which underwent a cyclical exposition test in the artificial saliva and fluoridated dentifrice aqueous solution, for 90 days. The two remaining specimens, from each participating commercial brand, totaling 10, worked as negative control and remained in rest, during the same time interval, while the other specimens were tested. Afier 90 days of cyclical exposition )to the solutions, the specimens were removed, loosened and analyzed through SEM, so as to rate the corrosion degree, by comparing the specimens immersed in the two solutions of the research and those of the control group. Statistical tests of variance analysis (Anova at two criteria) was used to analyze the results, and since there was a statistically significant difference among groups, the Tukey’ s test was employed to compare the means. Pearson’ s correlation test was used to assess the correlation between gain or loss of mass and corrosive activity. Based on the results, the authors concluded that the screws for the conical-like abutments of the five commercial brands participating in the study, did not show signs of corrosive activity in the "Salt-spray" Industrial Corrosion Test; that, there was no statistically significant difference among the initial loosening of screws for the abutments of commercial brands participating in the study. Nevertheless, three groups (C, E and T) presented loosening means smalIer
  than the previously established fastening (20 Ncm); that, following the corrosion test in the artificial saliva and fluoridated dentifrice aqueous solutions, alIloosening means of the screws varied to higher degrees, from 2% (Group T) to 70% (Group C), in relation to the initial fastening (20 Ncm), implying that, in all groups, there was an initial corrosion process; that, in relation to loss or gain of mass, all screws gained mass but, no statistically significant correlation was found between this variation of weight and loosening, that shows corrosive activity and; that, through "EDS" (Energy diffusion spectroscopy) evaluation, the presence of chemical elements traces was characterized in all screws of the conical abutments studied which, normally, are found as potentiating chemical components and in sites where corrosive processes take place
 
Acervo Geral   Todos os itens
Itens na Biblioteca   FOB-Fac. Odontologia de BauruLibrary Info
Unidade USP   FOB -- FAC DE ODONTOLOGIA DE BAURU

Escolher formato: Padrão Ficha Formato Reduzido Nomes MARC Campos MARC


Encerrar Sessão - Preferências - Fale Conosco - Ajuda - Ex Libris
Buscas - Resultados - Buscas Anteriores - Catálogos