Logotipo Dedalus   Logotipo ABCD
                         
Identificação       Preferências   Catálogos   Fale Conosco   Encerrar Sessão  
Buscas   Resultados   Buscas Anteriores   Meus Docs.   Histórico   Vocabulário   Ajuda
 
  Adicionar Reg. Meus Docs.  |  Localizar  |  Salvar / E-mail  

Registro Completo

Escolher formato: Padrão Ficha Formato Reduzido Nomes MARC Campos MARC
No. Registro   001634041
Tipo de material   TESE
Entrada Principal   LinkDallora, Andrea Magalhães Barbosa
Título   LinkEstudo da ocorrência de casos confirmados de raiva bovina no município de Guaxupé, Minas Gerais.
Imprenta   Ribeirão Preto, 2007.
Descrição   81 p.. +anexos.
Idioma   Português
Nota Tese/Diss   Dissertação (Mestrado)
Resumo   A raiva bovina continua sendo uma importante zoonose. A ocorrência de casos confirmados da doença no meio rural é um problema atual de saúde pública, sendo mais relevante quando se consideram os casos de raiva humana que ocorreram nos últimos anos no país. Este projeto teve por objetivo estudar a situação da raiva bovina no município de Guaxupé - MG, considerando: a presença do morcego hematófago no município; o nível de conhecimento dos produtores/empregados rurais sobre a raiva; a vacinação contra a raiva bovina; a notificação de casos da doença junto ao Instituto Mineiro Agropecuário (IMA); os casos confirmados de raiva animal. Quanto à metodologia, foram realizados: um levantamento de dados secundários junto ao IMA e junto à Vigilância Epidemiológica da Gerência Regional de Alfenas - MG, da qual faz parte o município de Guaxupé; a aplicação de um questionário sobre a raiva bovina junto a uma amostra de produtores/empregados rurais do município. Foi feita uma estratificação da amostra em dois grupos, sendo o questionário aplicado em 35 pequenas e médias propriedades e em cinco grandes propriedades. De acordo com os dados do IMA, durante o período de 1999 a 2003, foram realizados 34 exames laboratoriais para diagnóstico da raiva, entre eles, 10 foram considerados positivos, sendo oito da espécie bovina e dois da espécie eqüina. Com relação ao conhecimento de produtores/empregados rurais sobre a raiva, constatou-se que 74,3% consideram o veterinário
  como uma importante fonte de informação; 85% procuram o veterinário se houver um animal doente; 97,5% conhecem a importância da vacinação; 72,5% indicaram a salivação aumentada do animal como sintoma característico da doença; 58,3% indicaram o carbúnculo como doença que se confunde com a raiva; 90,0% afirmaram ser o morcego hematófago o transmissor da doença; 57,1 % afirmaram aplicar algum tipo de produto em mordeduras por morcegos; 92,5% afirmaram ter ) conhecimento da presença do morcego em sua propriedade; 17,5% afirmaram ter tido caso confirmado de raiva na propriedade; 53% apontaram galpões de secador de café como abrigo para os morcegos; 90% afirmaram vacinar o rebanho durante as campanhas de vacinação. Com relação aos dados da Vigilância Epidemiológica, entre os anos de 2000 e 2006, ocorreram 587 casos de agressão por animais no município de Guaxupé. Desses casos, 24,3% ocorreram com crianças de até nove anos de idade; 91,5% ocorreram na zona urbana; 82,9% dos ferimentos foram por mordedura; 49,0% foram nas mãos; em 78,2% dos casos a espécie agressora era a canina; ocorreu apenas um caso de raiva canina com diagnóstico laboratorial e quatro casos de raiva animal com diagnóstico clínico. Esses estudos permitiram concluir que ainda é atual a necessidade de manter todas as ações que visam o controle da raiva, especialmente a vacinação; é importante a realização de um trabalho de conscientização com relação aos casos de agressão por animais,
  especialmente os cães
Nota Local   Saúde na Comunidade
Departamento   RMS MEDICINA SOCIAL
Assunto   LinkRAIVA
  LinkBOVINOS
  LinkZOONOSES
  LinkEPIDEMIOLOGIA
Autor Secundário   LinkDal Fabbro, Amaury Lelis
Localiz.Eletrônica   e-mail do autor -- mailto://stella@uainet.com.br
Localiz.Eletrônica    "Clicar" sobre o botão para acesso ao texto 
   "Clicar" sobre o botão para acesso ao Currículo Lattes de Andrea Magalhães Barbosa Dallora 
   "Clicar" sobre o botão para acesso ao Currículo Lattes de Amaury Lelis Dal Fabbro 
Resumo/Outros   Bovine rabies continues to be an important zoonosis. The occurrence of confirmed cases of the disease in the rural environment is a current public health problem, which is even more relevant when the cases of human rabies that occurred in the last few years are considered. The objective of the present project was to study the situation of bovine rabies in the , municipality of Guaxupé - MG, on the basis of the presence of blood-sucking bats in the municipality, the leveI of knowledge of rural producers/employees about rabies, the vaccination against bovine rabies, the notification of cases of the disease to the "Instituto Mineiro Agropecuário" (IMA), and the confirmed cases of animal rabies. The methodology consisted of a survey of secondary data at IMA and at the Epidemiological Surveillance of the Regional Management of Alfenas - MG, to which the municipality of Guaxupé belongs, and the application of a questionnaire about bovine rabies to a sample of rural producers/employees of the municipality. The sample was stratified into two groups, with the questionnaire being applied to 35 small and medium-sized properties and to 05 large properties. According to IMA data, 34 laboratory exams for the diagnosis of rabies were performed during the period from 1999 to 2003. Of these, 10 were considered to be positive, 08 of them involving cattle and 02 involving horses. Regarding the knowledge of rural producers/employees about rabies, 74.3% were found to
  consider the veterinary to be an important source of information; 85% called a veterinary when an animal was sick, 97.5% were aware of the importance of vaccination, 72.5% indicated that increased animal salivation is a characteristic symptom of the disease, 58.3% indicated that carbuncle is a disease often confused with rabies, 90.0% stated that blood-sucking bats are the transmitters of the disease, 57.1 % stated that they applied some type of product to bat bites, 92.5% stated that they were aware of the presence of bats on their property, 17.5% stated that they had a confirmed case of rabies on their property, 53% pointed out that coffee-drying barns are a shelter for bats, and 90% stated that they vaccinated the herd during vaccination campaigns. Regarding the data of Epidemiological Surveillance, 587 cases of aggression by animals occurred between 2000 and 2006 in the municipality of Guaxupé. Of these, 24.3% involved children up to 09 years of age, 91.5% occurred in the urban zone, 82.9% of the wounds were bites, 49.0% were in the hands, in 78.2% of cases the aggressing species was the canine one, and there was only one case of canine rabies with a laboratory diagnosis, plus 04 cases of animal rabies with a clinical diagnosis. These studies led to the conclusion that there still is the need to maintain alI actions aiming at the controI of rabies, especially vaccination, and that it is important to conduct awareness-raising work regarding cases of
  aggression by animaIs, especially dogs
 
Acervo Geral   Todos os itens
Itens na Biblioteca   BCRP-Fac Medicina Rib PretoLibrary Info
Unidade USP   FMRP -- FAC DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO

Escolher formato: Padrão Ficha Formato Reduzido Nomes MARC Campos MARC


Encerrar Sessão - Preferências - Fale Conosco - Ajuda - Ex Libris
Buscas - Resultados - Buscas Anteriores - Catálogos