Logotipo Dedalus   Logotipo ABCD
                         
Identificação       Preferências   Catálogos   Fale Conosco   Encerrar Sessão  
Buscas   Resultados   Buscas Anteriores   Meus Docs.   Histórico   Vocabulário   Ajuda
 
  Adicionar Reg. Meus Docs.  |  Localizar  |  Salvar / E-mail  

Registro Completo

Escolher formato: Padrão Ficha Formato Reduzido Nomes MARC Campos MARC
No. Registro   001545337
Tipo de material   TESE
Entrada Principal   LinkSantos, Gisele Kristina Ale do
Título   LinkEstudo biomecânica da influência do suporte e fixação anterior na estabilidade mecânica da fixação vertebral.
Imprenta   Ribeirão Preto, 2006.
Descrição   69 p.. +anexos.
Idioma   Português
Nota Tese/Diss   Dissertação (Mestrado)
Resumo   O sistema de fixação tem sido muito utilizado na cirurgia moderna da coluna vertebral, com a finalidade de proporcionar estabilidade ao segmento vertebral e/ou corrigir deformidades. Neste trabalho, foram realizados ensaios mecânicos para avaliar a participação do enxerto e do estabilizador lateral na estabilidade mecânica das fixações vertebrais com fixador interno. O modelo experimental foi constituído por dois blocos de madeira mogno, que simularam o segmento vertebral estabilizados por fixador interno. Foram utilizados 3 grupos experimentais com 10 modelos cada. Grupo 1: montagem somente com fixador interno; Grupo 2: montagem com enxerto; Grupo 3: montagem com enxerto e estabilizador lateral. Foram realizados ensaios mecânicos do tipo flexão-compressão, flexão lateral e torção, sendo realizados somente na fase elástica de resistência das montagens utilizando deflexões de 1,5mm; 2,0mm e deformação angular de 9,5°, respectivamente. A estabilidade mecânica das montagens foi estudada por meio de três propriedades mecânicas para os limites de deflexões e deformação angular definidas: o momento fletor, momento torsional e a rigidez, que foram obtidas a partir da curva carga x deflexão resultante de cada ensaio mecânico. Os testes foram realizados na Máquina Universal de Ensaio, utilizando acessórios específicos para cada um dos tipos de ensaios. Considerando o uso do enxerto para montagens, observamos que houve um aumento significativo, (p<0,001) do momento fletor e da
  rigidez nos ensaios mecânicos de flexo-compressão assim como associado ao estabilizador lateral, para os ensaios de flexão lateral, porém não apresentou nenhum efeito significativo (p>0,05) sobre os respectivos parâmetros estudados nos ensaios de torção. Portanto, concluímos que o enxerto aumenta a estabilidade mecânica para os ensaios de flexo-compressão e associado ao estabilizador lateral para os ensaios de flexão lateral, porém não exerce influência no aumento da estabilidade para os ensaios de torção
Nota Local   Reabilitação
Departamento   RAL BIOMECANICA, MEDICINA E REABILITACAO DO APARELHO LOCOMOTOR
Assunto   LinkBIOMECÂNICA
  LinkBIOMATERIAIS
  LinkORTOPEDIA (REABILITAÇÃO)
Autor Secundário   LinkShimano, Antônio Carlos
Localiz.Eletrônica    "Clicar" sobre o botão para acesso ao Currículo Lattes de Antônio Carlos Shimano 
 
Acervo Geral   Todos os itens
Itens na Biblioteca   BCRP-Fac Medicina Rib PretoLibrary Info
Unidade USP   FMRP -- FAC DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO

Escolher formato: Padrão Ficha Formato Reduzido Nomes MARC Campos MARC


Encerrar Sessão - Preferências - Fale Conosco - Ajuda - Ex Libris
Buscas - Resultados - Buscas Anteriores - Catálogos