Logotipo Dedalus   Logotipo ABCD
                         
Identificação       Preferências   Catálogos   Fale Conosco   Encerrar Sessão  
Buscas   Resultados   Buscas Anteriores   Meus Docs.   Histórico   Vocabulário   Ajuda
 
  Adicionar Reg. Meus Docs.  |  Localizar  |  Salvar / E-mail  

Registro Completo

Escolher formato: Padrão Ficha Formato Reduzido Nomes MARC Campos MARC
No. Registro   001455063
Tipo de material   TESE
Entrada Principal   LinkAraujo, Fernanda Lopes Buiatti de
Título   LinkEfeitos comportamentais induzidos pela estimulação motora imediata após isquemia cerebral em um modelo experimental em gerbilo.
Imprenta   Ribeirão Preto, 2005.
Descrição   98 p.. +anexos.
Idioma   Português
Nota Tese/Diss   Tese (Doutorado)
Resumo   Por existir uma importante lacuna no conhecimento referente ao período em que se deve ter inicio a estimulação motora pós-lesão cerebral, este trabalho teve como objetivo estipular o intervalo de tempo ideal entre a lesão e o início da reabilitação motora na reorganização do comportamento motor. Foram utilizados roedores da espécie Meriones urgiculatus (gerbilo), pesando entre 50 e 80g. Para a realização do procedimento cirúrgico, cada animal anestesiado teve a artéria carótida externa comum esquerda exposta e ocluída por 10 minutos através de um fio de sutura e, posteriormente amarrada, provocando a oclusão definitiva da artéria. Para o grupo falso operado (Sham), a cirurgia foi interrompida antes da oclusão da artéria. Os animais foram divididos em 3 grupos, sendo que o terceiro grupo foi subdividido de acordo com o seguinte protocolo: I- Grupo Controle: Animais ingênuos, que não foram submetidos à cirurgia. II- Grupo Sham: Animais submetidos à cirurgia sem a produção de isquemia cerebral. IIIA- Grupo Isquemia não estimulado: Animais submetidos à cirurgia experimental que apresentaram sinais clínicos de isquemia. IIIB- Grupos Isquemia Estimulados 12, 24, 48 e 72 h: animais com isquemia estabelecida e submetidos a estimulação motora forçada em diferentes momentos pós-isquêmicos. Para a estimulação motora, foi utilizada uma esteira motorizada para roedores (Isight, Ltda), ajustada a uma velocidade de 10m/min, por um período de quinze minutos. No quarto dia
  pós-cirúrgico, os animais foram avaliados na arena circular de acrílico quanto ao comportamento de cruzamentos, levantamentos e auto-limpeza e no teste de Rota rod, a locomoção horizontal e o equilíbrio no cilindro em movimento. No final dos experimentos os animais receberam uma overdose de zoletil e seus cérebros foram retirados e congelados. Os resultados obtidos no teste do campo aberto evidenciam uma diminuição estatisticamente significativa dos ... comportamentos de cruzamentos e levantamentos nos animais que sofreram isquemia, em relação ao grupo controle. Já a comparação dos animais dos grupos isquemia e estimulação motora revelaram um aumento da resposta motora estatisticamente significativa em relação aos comportamentos de cruzamentos e levantamentos para os grupos estimulados, porém para o comportamento de auto-limpeza somente o grupo isquemia estimulado 12 h, apresentou aumento similar em relação ao grupo isquemia, que também mostrou performance superior aos demais grupos estimulados. Outro resultado encontrado em relação à esse grupo, foi a diminuição estatisticamente significativa do número de cruzamentos em relação aos demais grupos de animais com isquemia, estimulados. Considerando o modelo do Rota rod, os animais estimulados permaneceram no cilindro em movimento por um tempo significativamente superior aos apresentados pelos animais do grupo isquemia. Dessa maneira, este trabalho sugere que os animais submetidos à
  estimulação motora (12h, 24h, 48h e 72h) apresentam desempenho motores superior ao serem comparados com aqueles submetidos à isquemia sem reabilitação motora, tanto no teste do campo aberto quanto no teste de Rota rod. Em relação aos tempos de início de estimulação motora, os animais precocemente reabilitados (grupo 12 horas) tiveram uma pior performance motora comportamental do que os animais dos demais grupos
Nota Local   Neurologia
Departamento   RNP NEUROLOGIA, PSIQUIATRIA E PSICOLOGIA MEDICA
Assunto   LinkNEUROPEDIATRIA
Autor Secundário   LinkFunayama, Carolina Araujo Rodrigues
Localiz.Eletrônica    "Clicar" sobre o botão para acesso ao Currículo Lattes de Fernanda Lopes Buiatti de Araujo 
   "Clicar" sobre o botão para acesso ao Currículo Lattes de Carolina Araújo Rodrigues Funayama 
 
Acervo Geral   Todos os itens
Itens na Biblioteca   BCRP-Fac Medicina Rib PretoLibrary Info
Unidade USP   FMRP -- FAC DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO

Escolher formato: Padrão Ficha Formato Reduzido Nomes MARC Campos MARC


Encerrar Sessão - Preferências - Fale Conosco - Ajuda - Ex Libris
Buscas - Resultados - Buscas Anteriores - Catálogos